E
*Empresa:
*Endereço:
Cidade
Estado:       Cep:
Fone: Fax :
Contato:
*Email:
CNPJ/MF:
Inscr.Estadual:
*Banco  
*Agência
*C/Corrente:

INFORMAÇÕES DO DEVEDOR
*Devedor:
*Endereço:
*Cidade:
Estado:       Cep:
*Fone: Fax :
Contato
*CNPJ/MF:
Inscr.Estadual:

RELAÇÃO DE DÉBITOS
Leia atentamente:  
Em São Paulo à partir de 30 de março de 2.001  ,  com a entrada   em   vigor  das  disposições da lei Estadual nº 10.710 / 2.000 , o credor que quiser protestar um título não precisará mais  efetuar  o  depósito  ou pagamento prévios dos valores referentes às despesas com o protesto.

Agora , os valores devidos decorrentes de custas , emolumentos  e  demais despesas serão pagos no ato elisivo do protesto , ou , quando protestado o título , no ato do pedido do cancelamento , salvo na sustação judicial definitiva que serão cobrados da parte vencida.

Dessa forma , as despesas  com  a apresentação do título para protesto não mais serão suportadas pelo credor , exceto quando este desistir do protesto , retirando o título do cartório.

O devedor pagará  os  valores  devidos pelo protesto na ocasião do pagamento do título em cartório , ou na ocasião do cancelamento  do  protesto ,  valendo ressaltar que , neste último caso , os valores devidos englobarão o protesto e o cancelamento.

Outra novidade da referida lei é o fato de que todos os documentos considerados como títulos executivos judiciais ou extrajudiciais pela legislação processual, inclusive as certidões da dívida ativa inscritas de interesse da União, dos Estados e dos Municípios, estão sujeitos a protesto, seja comum ou para fins de falência.

Nº TÍTULO VENCIMENTO VALOR VL. PROTESTO DATA
Valor Principal:
Juros/Correção:
Protesto:
Valor Total
Protestado:  Sim  Não
Comentário:






Ao enviar um documento, clique apenas em voltar
em seu navegador para enviar outros títulos.



separador

CDD Serviços Empresariais Ltda.
Rua Tutoia, 238 1º e 2º Andar - Paraíso - 04007-000 São Paulo SP
Fone: 55+11 2842-5050 - Fax: 55+11 2842-5064